À venda ou a venda

À venda ou a venda

As formas à venda e a venda estão corretas e são utilizadas na língua portuguesa. Nesse caso, o uso ou não da crase tem função de transmitir clareza na leitura do enunciado, isto é, deve ser utilizada para promover a desambiguação de sentidos.


Normalmente, a crase (√†) √© utilizada para para indicar que ocorreu um fen√īmeno em que duas vogais id√™nticas se fundem. Normalmente, o que ocorre √© a fus√£o de um a (preposi√ß√£o) e de outro a (artigo ou pronome). No caso da express√£o √† venda a crase n√£o √© utilizada em fun√ß√£o da fus√£o de duas vogais, sendo um caso de exce√ß√£o. Aqui a crase √© utilizada para evitar a ambiguidade e a duplicidade de sentido uma vez que a palavra venda pode referir-se ao ato de vender e ao acess√≥rio de tecido utilizado para tampar os olhos.


A expressão à venda com a crase, indica o ato de colocar algo para ser vendido.

Exemplos com à venda

‚ÄĘ As roupas est√£o √† venda.
‚ÄĘ Colocaremos todos os im√≥veis √† venda em promo√ß√£o.

A express√£o a venda, por sua vez, indica o substantivo venda e para designa outros sentidos da palavra venda, como venda de tampar os olhos, por exemplo.


Exemplos com a venda

‚ÄĘ A venda n√£o foi bem sucedida. (substantivo, ato de vender)
‚ÄĘ A venda dos ingressos foi encerrada. (substantivo, ato de vender)
‚ÄĘ A venda ficar√° aberta no feriado. (substantivo, estabelecimento comercial)
‚ÄĘ Vou colocar a venda para n√£o ver essa bobagem. (substantivo, tecido para tampar a vis√£o)