Cheque ou xeque?

Estas duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. Porém, seus significados são diferentes e devem ser usadas em situações diferentes.

Cheque

A palavra cheque se refere a um documento escrito com uma ordem de pagamento, equivalente a dinheiro.

Tem sua origem na palavra em inglês check. É um estrangeirismo aportuguesado para cheque com base na sua pronúncia e nas regras da língua portuguesa, devendo assim ser escrita com ch na primeira sílaba. Refere-se a uma ordem de pagamento escrita, sinônima de pré-datado e rescrição.

Exemplos:
Posso passar um cheque?
Ele passou um cheque sem fundo!

Xeque

  • A palavra xeque se refere a um xeique, ou seja, um chefe muçulmano.
  • Pode se referir também a um contratempo ou a uma situação perigosa.
  • Significa ainda um chocalho feito com sementes ou pedras.

Tem sua origem na palavra árabe xah, de origem persa, que significa rei, devendo assim ser escrita com x na primeira sílaba. É sinônima de xeique e soberano, bem como de contratempo, contrariedade, entrave, estorvo, risco, ameaça, perigo, entre outras.

Exemplos:
O xeque é a principal autoridade para os muçulmanos.
Você está pondo nosso plano em xeque.

As palavras cheque e xeque são pronunciadas da mesma forma, mas escritas de forma diferente, com significados diferentes. A este tipo de palavras chamamos palavras homófonas.

Na língua portuguesa, existem diversas palavras homófonas:

cheque/xeque;

sessão/cessão;

senso/censo,

concelho/conselho,

cozer/coser,

cinto/sinto,…

Mais Dicas e Exercícios


Ajude-nos a compartilhar o conhecimento
por toda interweb!

É só um clique! =)