Cuidado com a sequência “como, por exemplo”

Cuidado com a sequência “como, por exemplo”

Isso mesmo: a sequência como mais por exemplo, usada para dar exemplo a respeito do que já foi citado, tem um quê pleonástico. Ou seja, é redundante.


Isso porque como e por exemplo desempenham a mesma função: a de anunciar o exemplo.


Veja:

Há várias formas de ajudar o próximo, como doar cobertores. (Adequado)


Há várias formas de ajudar o próximo, por exemplo, doar cobertores. (Adequado)


Há várias formas de ajudar o próximo como, por exemplo, doar cobertores. (Redundante)


Em textos formais, em que a abordagem deve ser objetiva, pleonasmos devem ser evitados.