Regência do verbo preferir

preferir

Em língua culta formal, preferir é verbo transitivo direto e indireto.


  • * O objeto direto (usado sem preposição) é determinado por aquilo que se escolhe.
  • * O indireto (com a preposição a) é expresso por aquilo que se deixa em segundo plano.

* Em resumo: alguém prefere uma coisa à outra.


Exemplos:

Ela prefere cinema a teatro.

Nós preferimos passear a ver televisão.

Os alunos preferem o brinquedo aos livros.

Prefiro esta página de dicas de português a outras.


Importante: não se deve usar preferir com a locução conjuntiva do que nem com o advérbio mais. A preposição a é o único termo exigido. Não empregue também o vocábulo mais com preferir, pois esse verbo já indica que você gosta mais de uma coisa do que outra.